(11) 5594-4545 / (11) 5594-4747 / (11) 3539-5066

ATENDIMENTO ESPECIALIZADO

Especialidades

Resultados Online

Visualizar Todas Especialidades

Gastroenterologia

Essa especialidade engloba os seguintes órgãos: esôfago, estômago, intestinos, baço, fígado, pâncreas e vias biliares.

Podemos até dizer que dentro dessa especialidade temos uma subespecialidade, que é a hepatologia (ou o especialista hepato-bilio-pancreático), especializado em fígado, pâncreas e vias biliares. Na medicina humana esta é uma subespecialidade já bem definida, com muitos profissionais, mas na veterinária poucos a fazem, apenas estudiosos atraídos por esses órgãos, mas não sendo uma especialidade reconhecida.

As doenças que acometem o primeiro conjunto desse sistema (esôfago, estômago, intestinos) estão relacionadas à produção excessiva de secreções, dificuldades de deglutição, ingestão de corpos estranhos e alterações neuromusculares das estruturas adjacentes.

O fígado, pâncreas, baço, vesícula biliar e estomago são órgãos secretores de substâncias e hormônios, que determinam ações e reações cujo desequilíbrio pode causar doenças (ex: gastrite, pancreatite, hepatite, colangite, diabetes, doença inflamatória intestinal etc.), além de possibilidade de comprometimento por células neoplásicas que determinam também a alteração nessas secreções. Devemos que ter em mente que outras doenças (hormonais, oncológicas, virais, infecciosas e processos iatrogênicos por uso errôneo ou excessivo de medicamentos) também pode levar a doenças secundárias hepáticas e pancreáticas.

As doenças podem ser tratadas e serem evitadas se diagnosticada precocemente, por isso a importância de termos o conceito de medicina preventiva.

Animas com alterações nesse órgãos terão como sintomas um ou mais dos seguintes: vômitos, regurgitação, diarreia ou fezes amolecidas, icterícia, dor abdominal , alteração na cor da urina, perda de apetite ou aumento da ingestão de comida, perda ou ganho de peso, aumento da ingestão de liquido, ascite, dilatação gástrica etc.

Exames laboratoriais como: hemograma, TGO, TGP, GGT, fosfatase alcalina, proteína total e albumina, bilirrubina total/direta e indireta, glicemia e de imagem (ultrassonografia, endoscopia e ressonância magnética) ajudam a obter um melhor diagnóstico.

Especialistas

Gastroenterologia Dr. Luiz Renato Flaquer Rocha
CRMV 8576