Exames Veterinários

Orientações

Todos os exames no Vetco são coletados por médicos veterinários ou enfermeiros e encaminhados ao nosso laboratório. No Vetco, os exames são realizados por uma equipe de médicos veterinários, buscando informações necessárias para um diagnóstico correto e seguro das principais enfermidades dos cães, gatos e silvestres ou no trabalho de prevenção em saúde animal, tão importante para a manutenção da qualidade de vida.

Oferecemos serviços diversificados e atualizados nas áreas de Análise Citológica, Hematologia, Urinálise, Bioquímica Clínica, Endocrinologia, Imunologia, Parasitologia, Microbiologia, Histopatologia, Hemostasia e Banco de Sangue, entre outros.

O acesso aos resultados de exames pode ser por:

* E-mail: O envio é realizado automaticamente duas vezes por dia, após o termino da realização dos exames pelo laboratório. É necessário cadastramento prévio do e-mail do solicitante.

* Website: Coloque a senha no campo de resultados de exames, e siga as instruções na página. Os exames são disponibilizados na página pelo período de 30 dias, após a publicação.

Programa de Relacionamento com o Médico Veterinário

O Vetco tem por objetivos atender aos médicos veterinários em diferentes áreas de diagnóstico laboratorial.

Convênios
O convênio entre o laboratório Vetco e as clínicas veterinárias abrange uma série de benefícios, além de dinamizar e facilitar as coletas das amostras para serem analisadas com rapidez e segurança. Para usufruir, é necessário o envio dos dados cadastrais.

Benefícios
* Pagamento facilitado em até 30 dias;
* Retirada gratuita de material na clínica;
* Reposição de materiais para realização dos exames;
* Laudos on-line e/ou por e-mail.

Clique em cada item para saber mais. *

Radiologia e Ultrassonografia

Os exames radiográfico e ultrassonográfico são muito utilizados no auxílio ao diagnóstico em medicina veterinária por serem métodos não invasivos, elucidativos, rápidos e baratos.
O Raio-X é de grande valia na avaliação dos sistemas osteoarticular e cardiorrespiratório, apresentando algumas limitações na avaliação dos órgãos abdominais, a qual fica a cargo da Ultrassonografia.
Com a utilização desses exames, torna-se possível um diagnóstico mais correto e mais rápido, e eles ainda auxiliam na avaliação de pacientes emergenciais.
Os casos em que esses métodos de diagnóstico são mais utilizados são:

  • Fraturas, dificuldades locomotoras, diagnóstico de displasia coxofemoral, alterações respiratórias e pesquisa de metástases, no caso do Raio-X.
  • Suspeita de corpos estranhos e/ou obstruções gastrointestinais, investigação da causa de anúria/disúria e anorexia/emese, identificação de massas abdominais, presença de líquido livre em cavidade abdominal e pesquisa de metástases, no caso do Ultrassom.

Ainda, é possível realizar exames radiográficos contrastados (como mielografia, uretrocistografia, urografia excretora e esofagograma), a fim de avaliar melhor alguns processos.
O ultrassom também é utilizado como auxiliar na avaliação fetal e na realização de coletas para citologia e biópsia de órgãos abdominais e outras massas em tórax, por exemplo.

Além disso, temos profissionais que realizam ultrassonografia vascular (para avaliação da presença de shunts, trombos e anomalias vasculares), articular (para avaliação das estruturas intra e peri-articulares) e cervical (para avaliação das estruturas cervicais ventrais, como tireoide, glândulas salivares, linfonodos e laringe).

Endoscopia e Videocirurgia

A endoscopia é uma técnica minimamente invasiva, conhecida também como procedimento de trauma mínimo, sendo um dos mais recentes recursos utilizados para o auxilio no diagnóstico e tratamento de diversas enfermidades em animais.
Em clínica de pequeno porte e silvestres, são frequentes os corpos estranhos retirados do estômago e esôfago, tais como ossos, anzóis, fragmentos de plástico ou tecidos, pedaços de vidro, moedas, pedras, dentre outros. Já presenciamos até a retirada de um cadeado do estomago de um cão, portanto, quando o animal tende a ser o filhote bagunceiro, o improvável pode acontecer.

Geralmente, após um período do fato ocorrido, os animais podem vir a apresentar vômitos, falta de apetite, tristeza ou sufocamento. O médico veterinário que acompanha o animal deverá ser informado imediatamente, cabendo a ele optar pela endoscopia.

Hoje, a endoscopia é a técnica mais segura para exploração e obtenção de amostras de tecido no diagnóstico de afecções do trato digestório, incluindo exame de cavidade oral, esôfago, estômago, reto e cólon; no trato respiratório com avaliação da cavidade nasal, faringe, traquéia e brônquios; no trato urinário (citoscopia); nas cavidades pélvicas e abdominais (laparoscopia); e nas articulações (artroscopia).

Procedimentos como: exame de laparotomia exploratória, biopsias guiadas, colecistectomia, retirada de alguns tumores, colopexia, gastropexia, hérnias perineais e inguinais, ovariosalpingohisterectomia e orquiectomia ectópica podem ser realizados em grande parte das vezes por essas técnicas, as quais são menos invasivas e a recuperação se torna menos dolorosa e mais rápida, sendo um procedimento que veio para se estabelecer e a crescer nos grandes centros especializados.

Relação de Exames

Hematologia

  • Contagem de Plaquetas
  • Contagem de Reticulócitos
  • Eritrograma
  • Fibrinogênio
  • Hemácias e Hemoglobina (contagem)
  • Hematócrito
  • Hemogasometria
  • Hemograma Completo
  • Leucograma
  • Pesquisa de Células LE
  • Pesquisa de Corpúsculos de Lentz
  • Pesquisa de Hematozoários
  • Velocidade de Hemossedimentação (VHS)

Bioquímica

  • Ácido Fólico
  • Ácido Úrico
  • Albumina
  • Amilase
  • Análise Bioquímica Líquidp
  • Bilirrubina Total e Frações (D + I)
  • Brometo de Potássio
  • Cálcio Ionizável
  • Cálcio Total
  • Cloretos
  • Colesterol
  • Creatinina
  • Creatinofosfoquinase (CPK)
  • Digoxina
  • Desidrogenase Láctica (DHL)
  • Eletroforese de Proteínas
  • Fenobarbital
  • Ferro
  • Fosfatase Alcalina (FA)
  • Fósforo
  • Frutosamina
  • Gama-glutamil Transferase (GGT)
  • Glicose
  • Globulinas
  • Lipase
  • Lipase especifica pancreática (SPEC)
  • Magnésio
  • Potássio
  • Proteína Total (PT)
  • Proteína Total e Frações
  • Sódio
  • TGO (AST)
  • TGP (ALT)
  • Triglicérides
  • Uréia

Parasitologia

  • Coprológico Funcional
  • Parasitológico de Fezes
  • Pesquisa de Ectoparasitas
  • Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes

Urinálise

  • Densidade Urinária
  • Glicosúria e Proteinúria
  • Qualificação de Cálculo
  • Relação Proteína/Creatinina Urinária
  • Relação Sódio/Creatinina Urinária
  • Sedimento Urinário
  • Urina I

Microbiologia

  • Coloração de Gram
  • Coloração de Ziehl-Neelsen
  • Cultura Bacteriana
  • Cultura Bacteriana + Antibiograma (Aeróbicos)
  • Cultura Fúngica
  • Cultura para Campylobacter
  • Hemocultura
  • Pesquisa de Fungos (Micológico Direto)
  • Pesquisa de Malassezia sp

Hormônios

  • Aldosterona
  • Cortisol
  • Estradiol
  • Hormônio Folículo Estimulante (FSH)
  • Hormônio Luteinizante (LH)
  • Insulina
  • Perfil Hormonal (Cortisol + TSH + T4 + Progesterona)
  • Perfil Tireoidiano (T4 + TSH + Colesterol + Triglicérides)
  • PMSG
  • Progesterona
  • Relação Cortisol/Creatinina Urinária
  • Supressão por Dexametasona (2 ou 3 determinações)
  • T3 Total (triiodotironina)
  • T4 Livre (Por Diálise)
  • T4 Total (Tiroxina)
  • Teste de Reposição Hormonal (T4 basal + T4 pós-medicamento)
  • Testosterona
  • Tripsinogênio (TLI)
  • TSH (Hormônio Estimulante da Tireóide)

Imunologia

  • Brucelose Canina (Imunoensaio)
  • Brucelose Canina (SAR)
  • Cinomose (Elisa)
  • Cinomose (Imunoensaio)
  • Coronavírus Canino (SN)
  • Dirofilária + Ehrlichia canis + Lyme + Anaplasma (ELISA)
  • FIV/FeLV (Imunocromatografia)
  • Giárdia (Imunoensaio)
  • Giársia (ELISA)
  • Hepatite Infecciosa Canina (SN)
  • Herpes Vírus Canino (SN)
  • Leishmaniose (ELISA)
  • Leishmaniose (IFI)
  • Leptospirose (SAM)
  • Panleucopenia Viral Felina (ELISA)
  • Parvovirose (ELISA)
  • Parvovirose e Coronavirose (Imunoensaio)
  • Raiva (SN)
  • Sorologia para Babesia (título)
  • Sorologia para Ehrlichia (título)
  • Toxopalsmose – Sorologia (RIFI)

Biologia Molecular

  • PCR Anaplasma
  • PCR Babesia
  • PCR Brucelose
  • PCR Cinomose
  • PCR Coronavírus
  • PCR Ehrlichia
  • PCR Giárdia
  • PCR Herpesvívus
  • PCR Imunodeficiência Viral Felina (FIV)
  • PCR Leishmaniose
  • PCR Leptospirose
  • PCR Leucemia Viral Felina (FeLV)
  • PCR Micoplasma
  • PCR Parvovirose

(Para demais PCR, faça uma consulta em nossa central de atendimento)

Citologia e Histopatologia

  • Análise Citológica Linfonodos
  • Análise Citológica Nódulo
  • Análise Citológica Vaginal
  • Análise de Líquido
  • Citologia de Ouvido
  • Citologia de Pele
  • Dermatohistopatológico
  • Histopatológico
  • Imunohistoquímica
  • Necropsias

Hemostasia

  • Tempo de Protrombina (TP)
  • Tempo de Tromboplastina Parcial Ativada (TTPA)

Hemoterapia

  • Reação Cruzada para Transfusão

Perfis

  • Dermatológico (Cultura Fúngica + Cultura Bacteriana + Antibiograma + Pesquisa de Ectoparasitas)
  • Microbiológico (Cultura Bacteriana + Cultura Fúngica + Antibiograma)
  • Renal 1 (Uréia + Creatinina)
  • Renal 2 (Hemograma + Uréia + Creatinina + Fósforo)
  • Renal 3 (Hemograma + Uréia + Creatinina + Fósforo + Sódio + Potássio)
  • Hepático 1 (TGP + FA)
  • Hepático 2 (Hemograma + TGP + FA + Bilirrubinas + PT + Albumina)
  • Hepático 3 (Hemograma + TGP + FA + Bilirrubinas + PT + Albumina + TGO + Glicose + Colesterol)
  • Covet (Hemograma + Urina I + Parasitológico + TGP + FA + Uréia + Creatinina + TGP)
  • Básico 1 (Hemograma + Urina I + Parasitológico)
  • Básico 2 (Hemograma + Urina I + Parasitológico + TGP + Creatinina + Glicose)
  • Pré-Cirúrgico (Hemograma + Uréia + Creatinina + TGP + TGO + FA + Glicose)
  • Pancreático (Amilase + Lipase + Triglicérides + Colesterol + Coprofuncional)
  • Eletrolítico 1 (Sódio + Potássio)
  • Eletrolítico 2 (Sódio + Potássio + Cálcio + Fósforo)

(Para demais perfis, faça uma consulta em nossa central de atendimento)

SDMA (Marcador Precoce de Doença Renal)

Este exame detecta a doença renal, tornando-se possível intervir e encontrar o melhor tratamento para cada paciente em estágios menos avançados da doença.

Dosagem de vitamina B12 (Cianocobalamina)

A vitamina B12 tem muitas reações bioquímicas essenciais no papel de coenzima, desempenhando também uma função fundamental na síntese de proteínas e na produção de glóbulos vermelhos.