Fisioterapia e Reabilitação

O progresso da Medicina Veterinária trouxe longevidade aos animais de companhia. Por consequência, houve o agravamento de algumas patologias e surgimento de outras novas. Acompanhando essa evolução, as especialidades passaram a ser necessárias para dar melhor qualidade de vida a esses pacientes.

A fisioterapia é uma dessas especialidades, que passou a ser fundamental para a recuperação e reabilitação desses bichinhos que poucos anos atrás eram submetidos a cirurgias contraindicadas, tratamentos incorretos ou até a morte dependendo da lesão que os acometia.

Toda raça tem predisposição a ter alguma doença, seja ela genética (luxação de patela, hemivértebra, displasias etc) ou não (obesidade, microlesões por traumas repetitivos em piso liso, distúrbios comportamentais etc). Se não diagnosticadas, não serão tratadas, e o que poderia ser de tratamento  simples se torna complexo pela cronicidade do quadro.

Dores articulares, hérnias de disco, instabilidades de vértebras, entre outras, se forem acompanhadas por um fisioterapeuta, podem prevenir alterações mais graves, cirurgias, e até mesmo paralisias.

É indicada para todos os animais uma avaliação com o fisioterapeuta veterinário, em qualquer idade. Conservativo, previamente a um tratamento cirúrgico, posteriormente a ele,  e concomitantemente  (de preferência) ao tratamento com acupuntura – especialidade esta que é uma grande aliada na reabilitação, já que são complementares.

Caso nunca tenha ouvido falar sobre esse assunto, nem levado seu amigo a uma consulta desse tipo, não se desespere. Procure um profissional e agende sua data. Atente-se sempre à qualidade da formação desse médico. Verifique se tem pós graduação na área, cursos de aprimoramento ou extensão, para não se tornar descrente de uma especialidade por culpa de um mau profissional, e garantir o sucesso do tratamento e bem estar do seu leal companheiro.